sexta-feira, julho 24, 2009

Areia...

Foi há pouco tempo, mas, entre as paredes que formam meus braços e pêlos, parece que nunca foi. Tudo tende a ser surreal demais... ou a não-ser. Falta presença nesse instante. Abrir os olhos e perceber o estar-sendo. (...)


Built to Spill; Carry the Zero

2 comentários:

lepapillon disse...

"Tudo tende a ser surreal demais...ou a não ser"

Ponto de encontro entre o zero e o infinito, talvez...

Max disse...

O surreal só é na imaginação...
E só o Padre Eterno é de fato.