terça-feira, julho 20, 2010

Navegando...




Esse mês, ancorei meu frenesi no Barkaça 8. Agradeço ao diOli e ao mingau que organizam as poesias navegantes, parabenizo os poetas que poetam e convido as demais pessoas a lerem o charmoso e desbravador folheto. Todas as edições podem ser lidas no blog do Barkaça. Se alguém quiser a versão na antiga - e sempre ótima - tecnologia do papel, não hesite em pedir.
E vamos em frente porque navegar é preciso!

Om...

Om muni muni maha shakyamuni ye soha...



Om muni muni maha muni shakyamuni ye soha.

sexta-feira, julho 09, 2010

***

- Achar rimas para amor...
Amar, talvez.


***
E, se pudesse, faria como se não pudesse.


***
E, se quisesse, faria.


***
[iria poderia gostaria querereria treparia calaria falaria falaria falaria sonharia cairia sorriria morreria e no instante seguinte viveria viveria ia ia ia...]


***
O turbante mostra o rosto.
Tá na cara.


***
A hora escondida é a hora do ser.


***
"Show me from behind the wall."


***
E me diga sem que eu precise ver.


***


Caetano Veloso; You Don't Know Me.